Intel espera vender 100 milhões de AI PCs até 2025

0

Durante realizado na cidade de São Paulo, a Intel convidou jornalistas e influenciadores para falar sobre o mercado de AI PCs, que tem tudo para mudar nossas vidas, devido aos avanços entregues pelos novos processadores Intel Core Ultra e sua capacidade em lidar com tarefas de inteligência artificial (AI) no próprio dispositivo. A empresa está otimista e espera que “até 2028, 80% dos notebooks vendidos em todo o mundo tenham as premissas dos AI PCs, os PCs com inteligência artificial”, segundo divulgação de Ricardo Ferraz, Diretor da área de PC da Intel Brasil. Veja o que mais foi dito:

O que é um AI PC?

Processador intel core ultraProcessador intel core ultra
Processador Intel Core Ultra foi lançado em novembro de 2023 (Foto: Reprodução/Intel)

Como o nome sugere, AI PC é um tipo de notebook ou deskop com NPU, sigla para ““unidade de processamento neural” em inglês, que é o nome dado a uma área do processador que é especializada em realizar tarefas de inteligência artificial. O termo começou a ser mais comentado em 2023, quando a Intel anunciou seus processadores Intel Core Ultra de de 14ª geração (Meteor Lake).

Ricardo Ferraz, aliás, explica que o crescimento desse mercado de soluções de inteligência artificial tem tudo para ser espantoso:

A inovação no campo das inteligências artificiais será exponencial. De todas as grandes revoluções relacionadas à tecnologia, esta talvez seja a mais impressionante. As IAs vão mudar o mundo, ajudando pessoas e potencializando o trabalho, fazendo com que a gente consiga extrair o melhor de nós mesmos.

Ricardo Ferraz, Diretor da área de PC da Intel Brasil

Outro detalhe interessante sobre estes computadores focados em inteligência artificial é que eles contam com diversos fatores de processamento em um só chip: CPU, GPU e também a NPU, citada acima. Isso permite que além de serem extremamente potentes, os notebooks com esse kit conjunto sejam mais ecômicos no gasto energético, dividam melhor a realização de tarefas simultâneas e, ainda, sejam produtos mais compactos.

O que fazem os AI PCs?

Exemplo de ai pcExemplo de ai pc
Notebooks possuem tecla e processador com seção para atividades de IA

Estes modelos chegam para otimizar nossas vidas de diversas formas, trazendo para o notebook funções que antes dependiam de conexão com a internet e data centers. Ou seja, um AI PC tem capacidade de processamento dedicada para realizar tarefas de IA fora mesmo sem conexão com a web.

Isso acelera o uso de apps de inteligência artificial e assistentes pessoais, a medida que os modelos de linguagem de IA usados para realizá-las podem ser instalados na máquina. E, claro, quando isso não for possível, os AI PCs também poderão ter a conexão tradicional com outros modelos de linguagem localizados na nuvem.

A beleza disso é poder realizar tarefas como cancelar ruídos do microfone, desfocar fundo da imagem da webcam e até usar IA generativa em apps como o Photoshop ou Audacity, tudo localmente, consumindo menos energia, inclusive.

Apesar de ser bastante focado em inteligência artificial, estes notebooks não possuem apenas esta característica como destaque: todos chegam ao mercado com Wi-Fi 6E ou Wi-Fi 7, portas com suporte para Thunderbolt 4 e também são 2x mais rápidos em jogos. Eles também entregam aumento de desempenho e aumento de eficiência.

Ricardo Ferraz, Diretor da área de PC da Intel Brasil

Ricardo ferraz, diretor da área de pc da intel brasil
Ricardo Ferraz, Diretor da área de PC da Intel Brasil (Foto: Divulgação)

Em comparação aos notebooks tradicionais, “os AI PCs com processadores Intel Core Ultra entregam até 38% de economia de energia e 47% mais performance”, afirma Ricardo Ferraz. E, em relação à realização de atividades de IA, eles são 2,2 vezes mais rápidos.

Um exemplo apresentado durante o evento focado em notebooks para inteligência artificial foi a pesquisa sobre a previsão do tempo, conforme os dados de localização do usuário. Yuri Daglian, Engenheiro de Aplicações da Intel Brasil, cita que, por enquanto, o serviço de inteligência artificial Copilot, já integrado ao Windows, ainda funciona conectado à nuvem, mas, no futuro, há a chance de isso também rodar de forma local e sem a necessidade de uma conexão de internet.

Yuri daglian, engenheiro de aplicações da intel brasil
Yuri Daglian, Engenheiro de Aplicações da Intel Brasil (Foto: Divulgação)

Empresas que já usam o Windows Copilot em seu dia a dia já informam que houve um ganho de 30% de produtividade, isso ao pedir para a ferramenta da AI criar atas de reunião, simples apresentações e também dar apoio em mais tarefas.

Outro recurso utilizado no trabalho são os aprimoramentos das videochamadas: AI PCs conseguem realizar o enquadramento automático de imagem, reduzem ruídos para quem está do outro lado de chamada e também podem desfocar (ou remover) o fundo. Durante o exemplo citado no evento, apenas 20% da capacidade total da NPU foi utilizada nesse tipo de tarefa, deixando esta parte do processador livre para cuidar de mais tarefas, ao mesmo tempo que mantém a CPU e GPU totalmente livres para realizar outras tarefas.

Dell xps 2024 é um dos notebooks para inteligência artificial anunciados no começo de 2024
Dell XPS 2024 é um dos notebooks para inteligência artificial anunciados no começo de 2024 (Foto: Reprodução/Dell)

E para os criadores de conteúdo, ótimas novidades: os notebooks com o processador Intel Core Ultra aceleram as edição de vídeo, ao realizar a renderização rápida e também ganham a autonomia para realizar transcrições de texto para áudio e áudio para texto.

Por fim, não menos importante, a segurança também é outro ponto em que a inteligência artificial pode ajudar, ententendo os usos tradicionais da máquina e do usuário, para detectar anomalias que indiquem a presença de ferramentas de anti-phishing, ransomware, malwares e outros tipos de vírus de computador.

Funcionamento das NPUs

Npu de processador intel core ultraNpu de processador intel core ultra
NPU é parte dedicada apenas para tarefas de inteligência artificial (Foto: Reprodução/Intel)

Os modelos da linha Intel Core Ultra contam com a primeira unidade de processamento neural integrada da Intel, também chamada de NPU. De uma forma simplificada, esta é a área do processador que cuidará apenas das tarefas de inteligência artificial (IA) em diversas partes do computador, dando poder de autonomia para a CPU e GPU cuidarem de outras atividades em sua total capacidade.

Isso permitirá não apenas um baixo consumo de energia e alta qualidade ao fornecer experiências de PC totalmente novas, mas também permitirá que o computador não precise utilizar placas de vídeo alocadas em servidores, com uma maior performance local para que, em segundo plano, tudo seja enviado para a nuvem sem problemas.

O coprocessador de inteligência artificial também poderá ser monitorado e configurado no Gerenciador de Tarefas do Windows, para que os donos tenham uma breve visualização do desempenho. Confira uma imagem com o Intel Core Ultra rodando no Windows 11:

Intel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcsIntel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcs
Uso de partes do processador poderá ser vista em tempo real (Foto: Reprodução/Intel)

GPUs Intel Arc 

Intel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcs
Placas de vídeo integradas também serão fabricadas pela Intel (Foto: Divulgação)

Anunciadas em março de 2022, as GPUs Intel Arc chegam integradas aos processadores e prontas para funcionar de forma conjunta às CPUs e NPUs. Yuri Daglian cita que, em relação aos modelos disponíveis no mercado, os usuários podem esperar o desempenho parecido com a Intel Arc A380, mas sem a necessidade de funcionar de forma dedicada.

Essas GPUs entregam, atualmente, até o dobro de desempenho gráfico de placas de vídeo integradas de gerações passadas. E vamos continuar realizando este desenvolvimento no futuro. Com o lançamento do Intel Ultra, foi a primeira vez que incluímos a arquitetura Intel Arc de primeira geração em um processador e, no futuro, continuaremos trazendo ainda mais performance, tudo integrado e com tecnologia da Intel.

Yuri Daglian, Engenheiro de Aplicações da Intel Brasil

Estas GPUs são importantes para o processamento de atividades em todo o computador. É claro que, quando se fala de inovação, a NPU é a maior novidade dos novos processadores, mas vale lembrar que ter uma GPU integrada que também é desenvolvida pela Intel é um ponto importante nesse sentido.

Expectativas do mercado

Intel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcsIntel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcs
Empresa esperar vender cerca de 100 milhões de unidades (Foto: Bruno Martinez/Showmetech)

A Intel está otimista em relação à quantidade de modelos que chegam ao mercado com os processadores Intel Core Ultra ainda em 2024. No evento de lançamento em novembro de 2023, foi ressaltado que cerca de 350 empresas já trabalhavam em máquinas com estes processadores. Dito isso, a empresa tem uma estimativa que 100 milhões de AI PCs devem ser vendidos até o final de 2025.

Temos uma estimativa que 100 milhões de AI PCs serão vendidos até 2025 e, até 2028, cerca de 80% dos computadores comercializados em todo o mundo serão especializados em IA.

Ricardo Ferraz, Diretor da área de PC da Intel Brasil

Para fazer este crescimento, a Intel tem um programa de aceleração de PCs com IA que incentiva o desenvolvimento de aplicações para inteligência artificial, este contando com empresas como Microsoft, mas também conta com startups e grupos menores. Nele, a Intel auxilia os desenvolvedores com a liberação de APIs para auxiliar no desenvolvimento de aplicações com base em IA.

Quando os AI PCs chegarão ao Brasil?

Intel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcsIntel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcs
Modelos devem ser vendidos até o final de junho de 2024 (Foto: Reprodução/Intel)

Ricardo Ferraz finalizou o evento citando que os primeiros notebooks com Intel Core Ultra chegarão ao Brasil antes do final do primeiro semestre. E a intel está de olho no Brasil, seu quarto maior mercado do mundo na área de consumo e gaming relacionado aos PCs para consumidores, e sétimo em soluções corprativas. 

A Dell deve lançar modelos focados em AI no Brasil também: durante a CES 2024, a empresa atualizou sua linha XPS para 2024, já com os novos processadores. E as linhas coporativas Latitude e Precision também ganharam novidades durante a MWC 2024, com versões com processadores Intel Core Ultra. E a linha Alienware, voltada para o público gamer, também ganhou modelos de 2024 com o novo processador.

A Samsung também não ficará de fora. Em breve, a empresa lançará a linha Galaxy Book4 com processadores Intel Core Ultra. Os modelos já foram vistos na CES 2024 e devem chegar ao brasil ainda neste semestre.

Intel espera vender 100 milhões de ai pcs até 2025. Primeiros notebooks projetados com funções de inteligência artificial devem chegar ao brasil ainda neste semestre. Saiba mais sobre os ai pcs
Samsung já tem notebooks com novos processadores (Foto: Reprodução/Samsung)

A ASUS, também durante sua passagem pela CES 2024, anunciou o Zenbook Duo 2024 e o Vivobook Pro 15 OLED, que contam com o processador Intel Core Ultra 9. Outras marcas como Lenovo, MSI, LG e HP também preparam modelos ainda não anunciados, mas que devem chegar ao Brasil durante os meses de 2024.

De qual marca você prefere comprar notebooks para inteligência artificial? Diga pra gente nos comentários!

Veja também

Intel anuncia nova plataforma para escalonamento de aplicações de IA

Revisão do texto feita por: Pedro Bomfim

Leave A Reply

Your email address will not be published.